Chanel Cruise Collection

Como eu já havia falado, aconteceu ontem o desfile da a coleção Chanel Cruise 2013/2014 Pela primeira vez na Ásia, foi em Singapura que Karl Lagerfeld montou uma passarela em meio a paredes descascadas e chão de cimento para mostrar a coleção de resort 2014. Na passarela que reinou foi o B&W, marinho e jeans. Nos shapes, muitas calças amplas, maxi blazers, casaquetos, barriga de fora, sobreposições, mix de estampas e claro muitas pérolas e camélias.

Cruise Collection da Chanel – Singapura!

O poder da Ásia: A Cruise Collection da Chanel fará seu lançamento pela primeira vez na história da Maison em território asiático, será Singapura, na colina de Dempsey. O evento, que acontecerá dia 9 vai ter na plateia celebs como Brad Pitt, primeiro garoto-propaganda do perfume nº5 da Chanel, Diane Kruger e Gisele Bündchen, musa da coleção Les Beiges.

Edição de inverno 2013 do SPFW será histórica, segundo Paulo Borges

“Esta temporada de inverno 2013 será histórica”, afirmou Paulo Borges, idealizador e diretor criativo do SPFW, durante o café da manhã de lançamento da nova edição da semana de moda paulistana, nesta segunda-feira, 29 de outubro, no Hotel Tivoli, em São Paulo. “Daqui a alguns anos, vamos olhar para 2012 e perceber que este foi o ano em que a moda nacional mais recebeu investimentos.”

SPFW Inverno 2013 marca a mudança no calendário nacional, que passa a desfilar suas coleções de verão em março e as de inverno em outubro, com o objetivo de tornar a indústria brasileira mais competitiva e ajustá-la ao panorama global. “Essa alteração tem a ver com o momento que o Brasil está vivendo, com uma economia estável e o mercado aberto aos produtos que vêm de fora. As nossas grifes precisam de mais tempo para planejar, crescer e encontrar seu papel na dinâmica global, processos que as datas antigas dificultavam. Diante disso, o novo calendário foi uma decisão natural, que já era prevista desde o início do SPFW e do Fashion Rio, ainda na década de 1990, e que encontrou agora o seu momento ideal”, explicou.

Frente à nova perspectiva que se abre para a indústria da moda nacional, Borges garante que esta é uma temporada de celebração e, por isso, a escolha do tema desta edição foi Garden Party. “Será uma verdadeira festa no jardim, já que estaremos no Parque Villa Lobos, local escolhido por ser uma rota turística pouco vista na cidade e contar com uma infraestrutura de acesso muito boa.” A cenografia ficou por conta do artista plástico Felipe Morozini, que se inspirou em estufas para criar a ambientação. “As estufas são lugares onde se cultiva, se cuida do crescimento. Esse conceito foi nosso ponto de partida”, disse o artista.

Mas como toda mudança precisa de um tempo de adaptação, o inverno 2013 será enxuto, com apenas 19 marcas e quatro dias de duração – a edição de verão 2013, por exemplo, teve 32 apresentações distribuídas em seis dias. “O foco desta temporada são as coleções. Teremos duas salas de desfiles, ao invés de três, e os cenários serão mais simples, tudo para tornar o evento o mais eficiente possível”, observou Borges. Já para o ano que vem, em março, está previsto o retorno ao habitual prédio da Bienal, no Parque do Ibirapuera. O mesmo, no entanto, não acontecerá em outubro de 2013 e o local ainda permanece indefinido – a tendência é que os eventos do segundo semestre sejam realizados em locais diversos. “Sou uma pessoa muito flexível e encaro essas mudanças de forma positiva”, disse o idealizador do SPFW, mostrando-se confiante em relação à esta e às próximas edições das semanas de moda brasileiras.

Fonte: modaspot.abril.com.b