Diário de viagem: Frankfurt!

Frankfurt está situada as margens do rio Meno (Main) e é o centro econômico e financeiro da Alemanha e o segundo da Europa. Frankfurt é uma cidade histórica, embora grande parte da sua herança arquitetônica tenha sido destruída nos bombardeios da Segunda Guerra. O Kaiserdom foi preservado e a vista de sua torre gótica do século 15 é maravilhosa.
 
Ao redor do Kaiserdom está a Romerberg, uma praça onde foram reconstituídas as casas dos séculos 15 ao 18, conhecidas como Romer. A Baixa Idade Média e o início da Idade Moderna foram as épocas de ouro do Romerberg e durante a Segunda Guerra Mundial foi destruída. O Romerberg é também o local onde acontecem apresentações teatrais, festas musicais e populares e um dos mercados de Natal mais bonitos da Alemanha.
O Museu de Arte Moderna, com design revolucionário de Hans Hollein. Apesar de não ser um prédio muito grande, o seu formato, que parece um pedaço de bolo dá a sensação de espaços amplos. Alguns dos artistas que expuseram suas obras por aqui foram Andy Warhol, Gilbert & George, Andreas Slominski, Robert Gober, Lichtenstein e Lucien Freud, neto do psicanalista vienense, entre outros.
O filho mais famoso de Frankfurt é Johann Wolfgang von Goethe. Sua casa é o principal ponto turístico da cidade. O escritor e poeta que deixou um legado artístico e cultural para o mundo nasceu em 1749 e viveu inpor muitos anos na casa que hoje abriga o museu. Alguns cômodos de sua casa, agora um museu estão conservados com móveis e disposição originais.

Conexão SP: ‘Giugiaro: 45 anos de design italiano’

Acontece até 31/03 a mostra ‘Giugiaro: 45 anos de design italiano’ no Museu da Casa Brasileira. A exposição conta a trajetória dos designers da família Giugiaro, responsáveis pela criação do que é definido como a identidade estética italiana do século XX. Entre os mais icônicos estão uma série de câmeras fotográficas da Nikon e os automóveis Passat e o DeLorean, da série de filmes do De Volta para o Futuro. Além disso fotos de Helmut Newton sobre o trabalho da família fazem parte da exposição.

Enquanto isso na China…

Hong Kong é conhecido como um ótimo destino para compras, especialmente para quem quer comprar grandes labels. Comprar em Hong Kong é tão bom quanto, ou melhor, do que outros grandes centros de consumo, como Londres, Cingapura e Tóquio. E os preços podem ser melhores, especialmente desde que Hong Kong não tem mais imposto sobre as vendas (IVA / GST). Praticamente todas as marcas de luxo têm lojas aqui, Gucci, Dior, Fendi, Vuitton, etc. Localizadas na região Central, Pedder Street. Um ímã para os milionários,as filas nas portas são quase diárias.  E não se preocupe com a chuva, as lojas colocam uma sacola plástica por cima para não molhar!

Louis Vuitton em Hong Kong
Gucci
Sacola plástica para não molhar